© 2020 Valor Offshore Investments LLC - Global Ventures

Search
  • Valor Offshore Team

DRIP - Programa de Reinvestimento Direto em Dividendos


No caminho para a construção da riqueza, no que se refere ao mercado de capitais, podemos observar um “caminho antigo”, onde o investidor compra suas ações através de uma corretora, efetua o pagamento de comissões e taxas devidas pela transação, muito provavelmente efetivando esta compra junto a multidão de investidores depois que os preços subiram, para em seguida, vender depois que os preços começam a cair; em qualquer dos casos, dificilmente conseguirá realmente retirar algum lucro dos seus investimentos, também corroídos pelo excesso de exposição às taxas de corretagem.


Os chamados fundos de investimento também podem ser considerados uma maneira antiga; eles são caros (taxas do agente de transferência, taxas de custódia, taxas de administração, taxas de inscrição, para não mencionar aqueles fundos que cobram encargos de front-end ou back-end). Muitos apresentam baixa performance, apresentando resultados inferiores ao índice S&P 500, e nestes casos, podemos considerar que o investidor perdeu o controle, pois entregou a responsabilidade pela sua vida financeira e seu futuro para alguém estranho, que não se importa veradeiramente com o sucesso do investimento, mas sim com seus próprios lucros; se o gestor do fundo tomar decisões ruins, então é o seu azar, nada restando a não ser chorar o dinheiro desperdiçado.


O que consideramos como um “caminho novo” são os chamados Programas de Reinvestimento Direto de Dividendos – DRIP, também conhecidos como Planos de Gotejamento; seu funcionamento é muito simples, sendo atualmente uma das melhores, mais econômicas e mais eficazes maneiras de construção de patrimônio, especialmente para aqueles pequenos investidores individuais que possuem poucos recursos ou estão iniciando seus investimentos; apesar de ainda serem uma forma relativamente pouco conhecida de investimento, ela oferece inúmeras vantagens, senão vejamos:


Normalmente, quando você investe (ou especula) no mercado de capitais, você compra um número específico de ações (lote de ações) de uma ou mais companhias através de uma corretora on-line ou por telefone; para este serviço, você paga uma comissão e quando você vende estas mesmas ações, você está diante de uma outra comissão, pagando impostos sobre os seus lucros, cujo valor varia de acordo com o período de tempo (Se o investidor vender suas ações em menos de um ano, a taxa de impostos será mais elevada).


O investimento DRIP é muito diferente da mera especulação do mercado de capitais porque fornece um meio simples e automático para o investidor realizar aportes de capital ao seu investimento inicial durante um período prolongado de tempo; estas ações podem ser vendidas sempre que o investidor desejar, mas a beleza do plano de gotejamento é que o investidor obtém uma maior valorização intrínseca para cada dólar investido, pois neste tipo de investimento, a corretora que faz a intermediação do trading é eliminada e as ações são compradas pelo investidor diretamente da empresa emitente; além disso, os dividendos trimestrais são automaticamente convertidos em novas ações ou frações destas.


O investidor paga uma única taxa de inscrição para o plano e não vai pagar um centavo a mais quando comprar outras ações dessa empresa; sem taxas, sem comissões, nada. Em outras palavras, cada dólar investido em ações daquela empresa vai diretamente para o seu investimento, que não fica diluído por custos adicionais; isto é particularmente importante se você é um pequeno investidor, afinal de contas, se você estivesse fazendo pequenos investimentos regulares em diversas empresas através de um corretor, as comissões incidentes podem custar mais do que o próprio lucro eventual.


Atualmente, cerca de 1.300 empresas, entre elas as melhores dos EUA, oferecem Planos DRIP; uma vez que o investidor esteja inscrito em uma empresa, poderá fazer investimentos adicionais através do envio de recursos para o agente de transferência; em geral, os investimentos podem ser tão pouco quanto U$ 25,00 (vinte e cinco) dólares ou mais de U$ 5.000,00 (cinco mil) dólares; pode até mesmo tê-los automaticamente retirados da sua conta bancária, num valor fixo, para financiar seus investimentos.


Outra vantagem para a utilização destes Planos de Investimento refere-se à utilização total do capital investido, mesmo que este valor se reflita na aquisição de frações de ações; por exemplo, digamos que o investidor disponha de apenas U$ 100,00 para comprar regularmente ações da Johnson & Johnson e na data da compra cada ação esteja sendo cotada a U$ 103,73; se a compra fosse feita através de uma corretora, esta não poderia ser realizada ou o investidor acabaria por ter que desembolsar um maior valor referente às taxas de fracionamento; com este plano, além de não desembolsar qualquer taxa extra, ele poderá adquirir 0,96 partes de ações daquela empresa.


Como o investimento pode ser feito através de um número fixo de dólares em uma base regular - independentemente de quantas ações ou frações comprar com esses dólares – o custo médio de aquisição acaba por resultar na compra de mais ações quando o preço de uma ação é mais baixo e menos ações quando o preço está mais alto; isso faz muito sentido, porque, afinal, o tempo lógico para investimento (invest timing) é quando os preços das ações estão em baixa e investir em um mercado baixista não é uma coisa fácil de fazer, pois as emoções negativas são geralmente desencadeadas por cotações mais baixas, influenciando o investidor a vender suas ações quando os preços descem!


Aqueles que seguem a rotina do custo médio, com uma carteira bem diversificada de ações será capaz de seguir uma estratégia mais lógica de investimento: Eles vão comprar mais ações, quando as ações estão em preços de barganha; tal abordagem sistemática para investir vai premiar o mais paciente, o investidor de longo prazo; com a imposição de disciplina em seu investimento, o investidor decide com antecedência quantos dólares pretende investir e com qual frequência, independentemente do preço de mercado de suas ações a qualquer momento.


Após o início do recebimento dos primeiros dividendos trimestrais, o investidor pode optar pelo reinvestimento destes mesmos dividendos, consubstanciado na compra automática de mais ações da respectiva empresa, o que vai resultar em um maior valor de dividendos no trimestre seguinte, que serão novamente convertidos em novas ações e assim sucessivamente, de modo que o tempo aliado ao reinvestimento nas próprias ações, trabalha a favor do investidor; é exatamente aí que a magia da composição de dividendos acontece.


Na prática, o procedimento para o investidor inscrever-se para um Plano de Reinvestimento Direto de Dividendos (DRIP – Gotejamento) é muito simples, estando disponível para praticamente todas as empresas que oferecem tal tipo de plano, através do serviço de inscrição oferecido pelo setor de Relacionamento com Investidores destas empresas ou ainda, por uma terceira empresa especializada na gestão destes portfólios, que ao contrário das corretoras, compram as ações diretamente em nome do próprio investidor, contactando cada agente de transferência e configurando a conta DRIP do cliente, cobrando uma única taxa de inscrição para cada empresa, independentemente de quantas aquisições posteriores de ações daquela empresa sejam feitas, de forma voluntária ou automática; com isso o cliente não tem que lidar diretamente com cada agente de transferência para tornar-se inscrito após a primeira obtenção de um certificado em seu nome.


Para o investidor construir um portfólio para um Programa de Reinvestimento Direto de Dividendos, deve inicialmente identificar as empresas em que pretende investir, com produtos e serviços que usa e de que gosta, de modo a estabelecer um mix de empresas bem diversificado; por exemplo, ações de empresas de petróleo pertencem à maioria dos portfólios (grandes empresas como Chevron, Conoco Phillips, ExxonMobil, Sunoco, etc) igualmente as empresas prestadoras de serviços públicos; afinal, todo mundo depende de energia elétrica ou do fornecimento de água e esgoto; muitas empresas de serviços financeiros também possuem planos de gotejamento, assim como grandes empresas de alimentos, sendo comuns nas carteiras de clientes.

Outra opção – que considero a mais lógica, prática e eficiente - é se utilizar de empresas que coletam informações sobre as melhores empresas pagadoras de dividendos, verificando se estas oferecem tais planos.


Atualmente existem sites que reúnem informações em bancos de dados on-line acerca das empresas que oferecem estes planos de gotejamento, facilitando bastante a vida dos investidores que desejam iniciar seus investimentos através deste tipo de plano; dentre os vários sites deste tipo, recomendamos neste momento a pesquisa em www.directinvesting.com, ou ainda no www.temperofthetimes.com por oferecer informações sempre atualizadas de forma bastante simples e objetiva para os clientes.


Outra vantagem que deve ser também considerada refere-se aos impostos incidentes, considerando que atualmente os ganhos de capital e dividendos são tributados a uma alíquota máxima de 15%, com pagamento diferido até o momento da efetiva venda dos ativos, tornando-se assim o veículo perfeito para o pequeno investidor ganhar com ações; por outro lado, com a isenção fiscal oferecida às empresas offshore incorporadas no território americano e cujos componentes do quadro societário sejam não-residentes, nenhum imposto será recolhido sobre estes dividendos e ganhos de capital, aumentando substancialmente os lucros obtidos por estes investidores em particular.

1 view